builderall

VAGAS LIMITADAS

Flávio Mendes fará essa série imperdível de lives com vocês

Faça parte dessa turma que vai vivenciar e experimentar um novo olhar sobre a época do tropicalismo

No fim dos anos 60, surge um movimento desencadeado por um grupo de jovens interessados em pensar sobre os rumos das artes no Brasil. Neste curso inédito, o músico Flávio Mendes apresenta a Topicália em toda a sua complexidade.
 

Nada foi como antes na música brasileira: os tropicalistas desestabilizaram o establishment musical, embaralhando as cartas e propondo um novo olhar sobre a sociedade de consumo e a sua relação com as artes.
 
Mas a transformação não só na música: no cinema, no teatro, nas artes plásticas, na literatura, em todas essas áreas se vivia um momento de mudança na autoimagem nacional.
 
O mundo viu nascer, nos anos 60, a cultura pop e jovem, a liberdade sexual, a liberação dos costumes, o multiculturalismo.
 
No Brasil pós-Bossa Nova vivia-se um momento de esperança, como se o futuro promissor do país tivesse enfim se concretizando
 
Nesse ambiente de grande efervescência cultural surgiu no Brasil uma geração de grandes artistas como em poucos momentos da nossa história
 
Alguns desses artistas, na segunda metade da década, se uniram para criar um movimento que buscou assumir a identidade brasileira, que era latinoamericana e subdesenvolvida, mas se abrindo para o novo, para as novidades do mundo moderno e universal
 
"Um poeta desfolha a bandeira e a manhã tropical se inicia" (Torquato Neto)

Mas no Brasil da ditadura militar, tudo era perigoso, apesar de divino, maravilhoso

Tópicos do curso

- A Tropicália: teoria, prática e o que ficou de legado
 
- O que Caetano quis dizer com "retomada da linha evolutiva da música brasileira, frase emblemática para o entendimento do movimento" 
 
- Estrutura da música brasileira pré-tropicalismo, suas divisões e seus paradigmas
 
- Quem foram os participantes, como eles se encontraram e qual foi o papel de cada um no movimento
 
- Outras artes em que a Tropicália esteve presente, além da música
 
- Diferenças entre Tropicália e Tropicalismo
 
- A influência do antropofagismo de Oswald de Andrade e dos poetas concretos paulistas, especialmente Augusto de Campos